Dossiê sobre as violações do direito ao esporte e à Cidade

O “Dossiê sobre as violações do direito ao esporte e à Cidade”, produzido pelo Comitê Popular da Copa e Olimpíada” já está disponível para download. O documento aborda a situação dos equipamentos desportivos em nossa “cidade olímpica”, nos seguintes tópicos: Complexo do Maracanã; Estádio de Atletismo Célio de Barros; Parque Aquático Júlio Delamare; Parque Olímpico; Marina da Glória; Estádio de Remo da Lagoa: um estádio “para inglês ver”; Campo de Golfe: Golfe pra Quem?; Os Jogos Olímpicos e o “não legado” do Pan 2007 e a  A Inscrição do Esporte no Direito à Cidade.

Baixe neste link: https://copy.com/Resps2H1U1rBErLS

Dentre as recomendações, são destacadas:

1. Reconstrução e reabertura do Estádio de Atletismo Célio de Barros e do Parque Aquático Júlio Delamare, com administração pública e uso coletivo;
2. Por um Maracanã público e popular;
3.  Reflorestamento da APA de Marapendi, com interrupção imediata das obras do campo de golfe olímpico e das torres de luxo no local;
4. Fim da privatização e elitização do Estádio de Remo da Lagoa e da Marina da Glória;
5. Esporte não se pratica no esgoto. Pela despoluição da Baía de Guanabara, das lagoas Rodrigo de Freitas e de Jacarepaguá;
6. Esporte como educação, saúde e lazer, não como negócio;
7. COI é igual à FIFA. Pelo fim da “Lei da Copa”, que também vale para a Olimpíada. Contra o projeto de Cidade Olímpica das Violações de Diretos.

DOSSIÊ DAS VIOLAÇÕES DO DIREITO AO ESPORTE E À CIDADE: CADÊ O LEGADO ESPORTIVO DA OLIMPÍADA DO RIO DE JANEIRO?

https://www.facebook.com/ComitePopularCopaRJ

https://www.facebook.com/Estadio-de-Remo-da-Lagoa-Rodrigo-de-Freitas-329777947034360/timeline/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *