Proibida a construção de teleférico

Após uma intensa luta dos moradores do Leme, Urca, Copacabana, Botafogo e bairros adjacentes, foi aprovado em 2ª discussão, nesta terça-feira, dia 12 de maio, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o projeto que proíbe a construção de uma estação do teleférico do Pão de Açúcar no Morro do Leme.

unnamedO maior temor era que os impactos da obra pudessem causar danos à APA do Leme, à APA Paisagem Carioca, ao Forte Histórico de Duque de Caxias e intensificar em demasia o tráfego de veículos nos bairros do Leme, Botafogo e Urca diante da previsão de fluxo de 1 milhão de visitantes à nova estação.

O PL 41/2013 agora segue para sanção do Prefeito e vai virar Lei.

Entenda a questão:

A Companhia Caminho Aéreo do Pão de Açúcar, empresa que a mais de 100 anos detém a concessão para a exploração do bondinho do Pão de Açúcar, tornou público um projeto de expansão deste teleférico para o Morro do Leme. Com fim estritamente turístico, a empresa quer ocupar o entorno do Forte Duque de Caxias – sítio histórico tombado pelo município desde 1987.

O Forte está situado no alto do Morro do Leme, monumento natural que contribuiu para a cidade do Rio do Janeiro receber o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, pela UNESCO, em 2012.

Este belíssimo complexo localiza-se dentro de uma unidade de conservação, que é o recém criado Parque Natural Municipal Paisagem Carioca, do qual faz parte a estrada ecológica que dá acesso ao Forte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *